terça-feira, janeiro 11, 2011

Amor de verão

   Estava super entediada só de pensar que iria passar o verão todo com os meus pais, em uma casa de praia não muito longe da minha pequena cidade, mas ficaria longe dos meus amigos, a maioria uma hora dessas estão curtindo o verão super em alta, viajando com outros amigos.
   Como não tenho nada para fazer nessa manhã super chata, resolvi ir a praia, pelo menos lá olharei as ondas, sentirei o barulho dela, olho para um lado e para o outro e nada vejo, quando resolvo olhar bem em minha direção, o maravilhoso e tranquilo mar, vejo um garoto lindo saindo, aquele corpo de seduzir qualquer menina, a pele mega bronzeada, lembra aquela areia dourada da praia, aqueles olhos azuis, cor do céu, completamente perfeito, paro e penso, ele deve ter algum defeito, não pode ser tão perfeito como vejo.
  Ai meu Deus não paro de olhar para ele, ele já deve estar percebendo meus olhares, aliás deve não, ele percebeu sim, olhou para mim e deu um leve sorriso, mas que sorriso hein, fico meio sem graça e resolvo entrar no mar, fico um pouco lá, e quando saio não o vejo mais. Nossa só pode ter sido miragem, vejo que não tem mais nada ali que me interessa e resolvo voltar para a casa de praia, desta vez com um sorriso no rosto, feito criança quando ganha presente no natal.
  Fico sabendo de um luau que irá rolar a noite provavelmente, fico sem vontade de ir pelo fato de não conhecer ninguém, mas minha mãe insiste e eu acabo indo, chego lá, como pensado não tem ninguém que eu conheça mesmo, tem umas garotas, três delas com seus respectivos namorados e um carinha tocando uma música conhecida até, "musa do verão" do Felipe Dylon, olho assim meio de lado e uma das meninas me chama para sentar junto ao grupo, não penso duas vezes e sento, horas passando e eu ali no meio daquele grupo de amigos, quando o luau já está quase terminando, chega aquele garoto que tinha visto pela manhã saindo do mar como um verdadeiro Deus Grego, ele sorri, me olha e senta bem do meu lado, depois de uns minutos ele se apresenta, ele diz seu nome e eu digo o meu para ele, o menino que tocava o violão resolve tocar mais uma hora ali, aproveito e converso com o tal "Deus Grego", resolvemos marcar que no dia seguinte bem cedinho ele iria me ensinar a surfar.
   O dia amanhece, já levanto logo com uma empolgação que até eu mesma me assustei, corro para a praia e lá está ele sentado, olhando para o mar com a sua prancha do lado, chego e ele pergunta se eu quero mesmo aprender a surfar, eu digo que sim, só para nós aqui, eu fui a praia não para aprender a surfar e sim para vê-lo novamente, mesmo só um dia de amizade, estar perto dele me fazia muito bem, os dias foram passando e eu descobrir que estava apaixonada por ele, resolvemos ficar todo o verão, ele era muito perfeito, ia até a minha casa de praia bem cedinho, para irmos a praia ver o nascer do sol, ele era muito carinhoso, ficavámos o dia todo juntos, conversando e beijando muito, sem percebermos o verão já estava acabando, e pensamos que cada um iria para o seu lado, ele iria para o Havaí, iria ter uma competição de surfe, e ele iria participar e não saberia o dia certo para voltar, então resolvemos passar o nosso último dia de verão juntos, ele escreveu na areia a minha inicial e a dele no meio de um coração, depois marcou em um coqueiro, "always with you" ( sempre com você ), o dia passou muito rápido, até que deu a hora de ir embora, olhamos um para o outro, sorrimos e demos nosso último beijo, pelo menos ali era nosso último beijo, não sabemos o dia de amanhã, depois olhei para ele e disse, " você será meu primeiro e único amor de verão" ele olho para mim e disse " você será sempre minha musa do verão ", sorrimos e nos abraçamos, ele lembrou de uma frase e me disse: " QUANDO UMA LEVE BRISA BATER EM SEU LINDO ROSTO NÃO SE ASSUSTE, É A MINHA SAUDADE QUE TE BEIJA TODOS OS DIAS EM SILÊNCIO ".


PS: Amor de verão

Nenhum comentário:

Postar um comentário