segunda-feira, outubro 31, 2011

A carta

Em uma noite chuvosa, te escrevo essa carta, dizendo que não dá mais para viver aquilo que eu achava que ia durar para sempre, mas não digo “não dá mais” por não te amar mais e sim porque cansei  de lutar por esse amor sozinha, cansei de tentar me enganar, achando que tudo seria diferente, achando que você mudaria por mim, pelo amor que diz sentir por mim, mas se você me ama e continua desse jeito, prefiro que me esqueça e vai viver seu mundinho de bad boy com seus amiguinhos das baladas, pegadores, enfim, abro meu coração que pra você parece ser gaiola e te solto, como um passarinho preso por muito tempo que acha que esqueceu de voar, mas quando vê aquela portinha super pequena aberta, lembra de como será viver de volta a liberdade, a natureza que pra você se torna mundo, mas lembre-se essa porta que abre, jamais se fechará, na esperança de que aquele lindo passarinho volte e ...
Essa seria a carta que te mandaria, mas preferi te soltar com apenas um sms, mas a carta quer saber onde está? ah a carta, está em uma gaveta no meu quarto, que prefiro dizer que estás trancada a sete chaves, mas que só você tem a chave.

PS: Nada mais para combinar com o texto é a música do Nx Zero - Cartas pra você.

2 comentários:

  1. Nossa que triste amiga, mas tenho certeza que se ele faz isso é porque ainda não sabe amar ninguém, mas não cabe a você ensinar, e sim a vida...

    Beijos flor

    ResponderExcluir
  2. Passagem rápida para deixar um beijo, e desejar um feriado delicioso.

    Beijos, e um novembro cheio de realizações!!!

    ResponderExcluir